sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

faça da tua ausência,


o bastante para que alguém sinta a sua falta,
mas não prolongue por muito tempo
a
ponto
desse alguém perceber que
consegue viver sem você.




Nenhum comentário:

Postar um comentário